Void Podcast #009 – Inove-me devagar, pois tenho pressa!

Olá desenvolvedores, designers, analistas, arquitetos, DBAs (really?!) e loucos em geral!

Bem-vindos ao Void Podcast (do ódio). Trata-se de uma conversa, de três bons amigos (salvo situações extremas, como a que ocorreu nessa edição, em que um dos “heróis” resolve não aparecer), geograficamente afastados, em clima de bar, sobre (quase) qualquer assunto.

Hoje, escute um Void do ódio e com sangue nos olhos sobre early adopters, entusiastas e falsos profetas. Vamos falar sobre aqueles profissionais (bons e ruins) ansiosos por adotar as melhores tecnologias, de todos os tempos, da última semana. Participe do bate-papo entre o (sábio barbudo) Leandro Daniel (@leandronet) e o (revoltado?!) Elemar Jr (@elemarjr). Arrobinha (vulgo @vquaiato), não apareceu…
Participe, comente, critique!

Vida longa e próspera. Agora, mais saudável já que o Elemar e o Leandro estão engajados no #VoidEmForma.


Ouça


Download

VoidPodcast – 09 – EarlyAdopters (47,2 MB)

Links

About these ads

28 respostas em “Void Podcast #009 – Inove-me devagar, pois tenho pressa!

  1. E ai, galera.

    Sou o Dado e acompanho o void desde o primeiro tweet que o anunciou, porém, como sempre baixo via iTunes, nunca deixei comentários aqui.

    Pois bem, ouvindo que um brother de Rondônia – que, diga-se de passagem, é meu estado natal – fez a alegria de vocês dizendo que o void chegou até lá, resolvi anunciar que o void está aqui em Cuiabá (Mato Grosso) desde sua origem e que, além de ser de longe, sou de Java.

    Agora o comentário “amigão”: os episódios estão cada vez melhores e com trilhas de muito bom gosto. Uma parada que seria legal, já que temos um guitar no time, seria, de repente, convocar os músicos da comunidade de dev e gerar alguns singles em creative commons para possíveis aberturas do void.

    o>

    @DadoCe

    • Olha … O Leandro é nosso “profissional”. Arrobinha e eu também fazemos algum barulho … Mas acho que a nossa timidez nos limita.

      Bacana você estar ouvindo de tão longe. Mais bacana ainda saber que você é de Java e gosta do Void …

      Cuiabá é quente para caramba… Quem sabe não nos encontremos por um evento por aí hora dessas.

      []s

    • Desafio aceito Dado! hehehehe, só preciso instalar a minha interface USB de guitarra no Mac. Se a galera quiser contribuir, será bem bacana também!

      Abraços!

    • Dá para ouvir, na edição final, o momento em que alguém bate na porta enquanto o Leandro fala.. :D

      Void interrompido … e eu esperando … Esquecendo de apertar o “mute” …

      Malditos pôneis.

  2. Cara o Void dessa semana foi fera. Concordo com vocês , early adopters são importantes para que uma tecnologia seja popularizada e cresça, mas tem muita gente apenas querendo usar o entusiamo para se destacar e se rotular como um inovador.

    Um outro aspecto que esta muito ligado a proliferação tão grande de early adopters, é que hoje em dia, talvez devido ao momento ótimo da economia e a grande crescimento do marcado de tecnologia, muitos early adopters se tornam “referências” no assunto e com isso ganham uma grana boa em treinamentos, cursos, workshops, etc..

    E isso não está restrito às novas tecnologias somente. Tem também os early adopters de novas práticas, teorias, pensamentos..

    Um exemplo disso é essa avalanche de entusiastas de agile. A proliferação de cursos, eventos e novos “especialistas” em gestão de projetos, foi algo assustador. Tem gente que nunca foi gerente de projetos nem líder de equipe, nem nunca usou PMBOOK, mas ao ter um primeiro contato com scrum decretou o juizo final. Morte aos gerentes de projeto! Hoje passada a euforia vejo muitos já reconhecendo que “não é bem assim”..

    Eu também fiz curso de agile e não me arrependo. Ter contato com o novo é fantástico. Te faz estar pronto para receber bem as mudanças e saber extrair o melhor de uma nova tecnologia ou pensamento. O que não significa que no dia seguinte tudo que não é novo deve ser ignorado e transformado em legado.

    Bom não quero ser mais polêmico do que o próprio void então vou encerrar por aqui.

    Parabéns..pelo belíssimo trabalho de edição e trilha sonora!

    Aliás eu sou um early adopter do Void e acho que devemos parar de ouvir os outros podcasts. Void é o melhor podcast dos últimos tempos da última semana!

    • Realmente. Muitas das críticas ao PMBOK não são justificadas.

      É como eu sempre digo: se for para não gostar, que seja pelos seus motivos. Repetir o motivo dos outros é, quase sempre, um convite para constrangimentos.

      Em tempo: atualmente, também não gosto (tanto) do PMBOK,

    • Fala Alexandre, tudo bem? Valeu pelo feedback, fico honrado!

      Pois é, as coisas acontecem bem como você comentou mesmo. O que ma deixa meio angustiado é saber que muitas pessoas não fazem essas distinções… :(

      Abraços!

  3. Show, gostei! De forma clara vocês mostraram que somos formadores de opinião e precisamos ter cuidado com isso. Quase no final vocês fizeram um checklist de como ser inovador, ser cientista, de como conhecer uma nova tecnologia e se aprofundar nela de forma coerente e produtiva. Sem ser falastrão!!

    Bom, mas fica a dica, a presença do Arrobinha teria apimentado bem mais essa discussão. Até acho que o mesmo tema poderia ser repetido em outro podcast com a presença dele (isso se chama por uma pimenta, das quentes, no pirão alheio.. rs).

    E, senhoritos, tenho melhorado incrivelmente meu vocabulário ao ouvir o Void, sempre surgem novas palavras: catarse (foi isso?hahah)

    Mas no geral gostei demais..

    Aproveito para parabenizá-los pelo Void 008 que foi histórico, foi uma grande contribuição para os profissionais de TI.

    • Sim, como nos outros episódios que gravamos sem o Quaiato, a ideia inicial era debatermos todos juntos. Inclusive, o tema que tínhamos definido ficou pro Void #010, e gravamos sobre Early Adopters para manter o ritmo de podcasts (decidimos o tema minutos antes de gravar).

      Muito obrigado pelos comentários, ficamos muito felizes (e um tanto decepcionados) quando o Void retorna algum valor. Pois como sempre falamos: não tínhamos essa pretensão. :)

      Abraços!

  4. Olá Pessoal,

    Estou acompanhando o void desde #008, mais já ouvi os outros mais antigos.

    Acho bem interessante o modo descontraído como vocês colocam a conversa.

    É bem válido nós podermos conhecer outros pontos de vista, a final, nós seres humanos vivemos em constante transformação, e saber analisar opiniões é importante para nossa evolução como pessoa e profissional.

    Sobre este void acho que o papel dos early adopters importante, mais vender um produto sem conteúdo não dá. Tem muita gente se fazendo em cima de exemplos simples e sem nenhum aprofundamento. Já me desapontei algumas vezes ao ler alguns artigos superficiais sobre novas tecnologias que não traz relevância nenhuma. É muito fácil pegar a bola de vez e repetir “traduzir” o que estão dizendo lá fora.

    Um abraço,
    Thiago

  5. Bom, vou repetir o que falei no Twitter, e falar mais algumas “coisinhas”!

    Parabéns pelo podcast foi ótimo, elemar cantando no final foi épico hheuheue e a trilha sonora foi nota 10, também achei a qualidade da gravação melhor, Leandro subindo de level na edição? :D

    Resumindo um pouco, eu concordo com vocês, também acho importante conhecer e estudar novas tecnologias, também estou usando aqui o Windows 8, na verdade instalado mesmo no notebook, mas temos que tomar cuidado com alguns detalhes já citados no podcast.

    Existe uma grande diferença em estudar algo novo, e “vender” isso de qualquer forma, se para cada novidade mostrada, jogarmos tudo fora para trocar de tecnologia estaremos mortos, na verdade não consigo ver algo profissional nisso, mas sim uma criança com um brinquedo novo querendo mostrar para todo mundo!

    Eu acho que tem um ponto mais sério nisso, que não podemos esquecer, que a chance de influenciar uma pessoa que nos assiste é grande! E isso é uma responsabilidade enorme! Não podemos sair por ai falando qualquer coisa por benefício próprio, só visando vender consultoria, livros, treinamentos, acho que isso tudo é válido sim, quando é feito de forma séria e responsável, o que raramente vejo acontecer.

    E pensando nesses pontos, muitas pessoas tem razão em criticar nossa comunidade, afinal muitos só tem comprometimento em twittar o que é mais novo para agradar x e y, e não em passar realmente um conteúdo sério, onde perdeu tempo testando para validar se aquilo funciona!

    Enfim cansei de escrever :) parabéns pelo podcast! E o Quaiato não participou porque?

    • Fala Márcio, blz?

      Eu chego lá um dia… Quando eu ganhar do Elemar e do Quaiato um programa de edição profissional o céu será o limite! =P

      Você tá certíssimo e pegou bem na veia: *Responsabilidade ao falar sobre inovações!* Afinal, piorar o mercado em nossa área é dar tiro no pé, não é mesmo?

      Abraços man!

    • Fui sabotado!

      Acho que faltaram alguns pontos importantes como por exemplo falar sobre o perfil Evangelista… esse para muitas vezes é um problema…

      E existe o perfil: burro! Vou falar sobre isso no post que estou escrevendo :P

      • Eu geralmente vejo o perfil evangelista só fazer coisa tosca, tem os bons, a maioria só pensa no último slide onde vende curso :)

        O perfil burro fiquei curioso, espero não estar nele hehehehueheuee

        Abraços mala, nos vemos em SP essa semana

  6. Simples e direto, nada a acrescentar.
    Perguntar que não quer se calar, entusiastas do tipo citado que não dominam uma determinada tecnologia, entregam projetos? :p
    Até.

  7. Parabéns. Muito legal este podcast.

    Apesar de gostar do conteúdo, eu gostaria de ouvir coisas mais técnicas, sobre design patterns, orientação a objetos, arquitetura, boas práticas, etc. Vocês têm algum plano para falar sobre estes assuntos?

    Aguardando o próximo.

    Um abraço aqui de SC.

  8. Pessoal, parabéns pela qualidade e relevância dos assuntos abordados nesse podcast! Tô ouvindo o void desde o início também. Sou de Minas Gerais, mais precisamente do interior de minas, da cidade Ipatinga. E trabalho com software livre. Sou servidor público federal e trabalho com linguagens como PHP/Python/Perl. Mesmo com vocês focando em tecnologias Microsoft, que não é muito minha área, me identifico muito com os assuntos e gosto do jeito que eles são tratados por vocês. Um grande abraço e continuem nessa caminhada! A gente do open source também ouve vocês!

    • Fala Leo, que bacana! Fiquei emocionado agora, Ipatinga é perto da minha cidade natal: Coromandel!
      Muito gratificante saber que o Void consegue essa relevância junto a comunidade open source.

      Abraços camarada!

  9. Muito legal esse podcast, parabéns.

    Concordo plenamente com o que foi dito.
    Vejo que as empresas devem saber lidar com esse tipo de profissional, já vi muita gente perder o entusiasmo dessa adoção de novas tecnologias depois de receber uma negativa inapropriada para esta situação, acho muito importante que a empresa, não deixe que o profissional perca este entusiasmo.

    Era isso…muito legal mesmo.

    Moro no Sul, passo muito frio assim como o Elemar no inverno (porém não tenho pantufas do Willy), em Lages – SC

  10. Pingback: Void Podcast: episódios #009 ao #012 disponíveis! | Leandro Daniel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s